Alguns sintomas do despertar da Kundalini

Esta tremenda mudança do nível de consciência resultante do despertar da Kundalini pode ser uma experiência dramática com anos de surtos físicos e psicológicos. Este processo pode variar de pessoa para pessoa. Em alguns ocorrem mais sintomas físicos intensos enquanto que em outros, ocorrem sintomas emocionais ou psicológicos. É como se uma nova energia surgisse em seu sistema energético, com todos os seus problemas físicos e psicológicos não resolvidos, e os colocasse em evidência para serem resolvidos e liberados.

Greenwell (1990) apontou sete categorias de sintomas que foram observados durante o despertar da Kundalini:

Movimentos Prânicos ou kriyas

Prana é a palavra Hindu para energia vital. Assim que uma energia intensa se move pelo corpo limpando os bloqueios psicológicos, a pessoa pode experimentar trancos involuntários incluindo sacudidelas, tremor, vibrações, espasmos e contrações. Assim que estas couraças e bloqueios profundos forem varridos por um fluxo de energia suave, a pessoa pode entrar em contato com memórias e emoções associadas a traumas passados.

Fenômenos Yoga

Algumas pessoas sem conhecimento da milenar prática do Yoga, estão reformando posturas e mudras que eles nunca aprenderam em sua forma clássica e que jamais poderiam fazê-los em um estado normal de consciência. Da mesma forma, elas pode reproduzir palavras sânscritas ou sons, ou tomar consciência de músicas, mantras e tons. Um padrão incomum de respiração (muito rápido ou muito lento) pode surgir, ou ainda uma respiração superficial ou, ficar sem respirar durante um período longo de tempo.

Sintomas Fisiológicos

O despertar da kundalini normalmente ocasiona atividades fisiológicas incomuns causadas por um movimento intenso de energia que libera toxinas no corpo. Estes sintomas incluem aparentes problemas no coração, dores de cabeça e na coluna, distúrbios gastro-intestinal e problemas nervosos. Já foram reportadas sensações internas de extremo calor, super sensibilidade dea terminações nervosas, hiper-atividade ou letargia, grandes variações no apetite sexual e até orgasmos espontâneos. Estes sintomas são irregulares, indo e vindo sem a menor previsão e geralmente não respondem ao tratamento médico.

Surtos Psicológicos

O despertar espiritual normalmente oferece algum desfio à supremacia da consciência do ego. O desafio para mover-se para além das respostas inconscientes governadas por impulsos e instintos e remove a consciência do ego do centro de nossa psique. Tais desafios produzem um período de confusão mental e desequilíbrio. A pessoa se encontra em meio a estados emocionais inexplicáveis à medida que se move rumo à questões não resolvidas. Um rodamoinho de emoções que vão desde ansiedade, culpa e depressão, à repentes de compaixão, amor e pura alegria acompanhados com rompantes de choramingos.

Experiências Extra Sensoriais

A medida que a percepção se expande, a pessoa experimenta fenômenos visuais atípicos como: luzes, símbolos, entidades, ou revisão de experiências de vidas passadas. Quanto a audição, pode-se ouvir vozes ou músicas, sons internos ou mantras. Até o olfato pode ser estimulado com percepção de incenso de sândalo, rosas, etc. Pode-se perder a noção do limite corporal ou ter a sensação de ser maior do que se é, ou de se estar fora do corpo resultando em confusão e desorientação.

Fenômenos Psíquicos

Com a abertura das habilidades psíquicas, a pessoa poderá desenvolver; premonição, telepatia, leitura de auras e habilidades de cura.

Estados de Consciência Mística

A pessoa poderá se transferir para um estado de consciência alterado onde ela poderá perceber diretamente a unidade subjacente ao mundo dual e experimentar serenidade e paz com um profundo conhecimento de sabedoria.

Em alguns casos, o estado provocado pelo surto psicológico é tão severo que pode se assemelhar a um surto psicótico. Por isso é necessário um ambiente que apóie e compreenda a pessoa em vez de rotulá-la de louca. Portanto é fundamental que se esteja em contato com pessoas que lhe dêem apoio e pode ajudar a minimizar os distúrbios.

Por último eu gostaria de ressaltar que o despertar da Kundalini não é o mesmo que Iluminação que dificilmente resultaria de um único encontro com o luminoso. Seria mais como se esse despertar energético iniciasse uma expansão da consciência que será o início das muitas outras experiências de estados transcendentais de consciência. A intensidade e a duração desses flashes varia de acordo com a nossa presteza para assimilá-los e integrá-los. Desta maneira, o despertar da Kundalini não é a meta final e sim o início de uma transformação de consciência que expandirá a nossa capacidade de conhecer o infinito. Emergência espiritual normalmente inclui expansão de habilidades de percepção, aumento de energia, expressão criativa e uma dedicação e comprometimento para servir um bem maior.

Anúncios