Area 51, Ultra secreto

A Área 51 é uma base militar secreta, a cerca de 90 milhas a norte de Las Vegas, perto do Lago Groom, no Nevada. O local foi escolhido e construído pela Lockheed em 1955, para testar o avião espião U-2, devido à sua localização, estruturas e boa zona para aterragens. Além do U-2, também desenvolveram o A-12 (precursor do SR-71 Blackbird), em 1960. Em 1970, iniciou-se a construção do F-117A Stealth Fighter, um avião invisível, isto é, que não é detectado pelos radares Em 1984, o Governo Americano expropria, ilegalmente, 89.000 acres de áreas vizinhas, atropelando a constituição norte-americana.

Esta expropriação teve em vista o aumento de tamanho da base, juntamente com a pista. Desde então, luzes misteriosas começaram a aparecer e guardas armados patrulham a zona. O governo fechou muitos dos pontos de vista a partir dos quais a base poderia ser observada. Grupos organizados tentam chegar tão próximo quanto possível da região, que não possui nenhuma cerca, apenas placas que proíbem a entrada, sob pena de prisão. Com a intenção de promover o turismo nas regiões vizinhas, uma estrada próxima ao local foi denominada “Estrada extraterrestre“. Para muitos, a Área 51 esconde OVNI’s capturados, inclusive a nave do famoso “Caso Roswell“, de 1947 – o governo americano não confirma nem desmente a sua existência da Área 51.

Todas as estruturas, bem como as áreas vizinhas, fazem parte deste complexo. Desta forma, todos os amantes de uma boa teoria da conspiração, e de OVNI’s, devem observar a zona à distância. Recentemente, juntamente com a hipótese de ser um esconderijo de OVNI’s, foi colocada a hipótese de servir de lixeira de substâncias tóxicas. Afirma-se que vários trabalhadores do complexo apresentaram queixas devido a doenças mas o governo americano tem-se defendido com o argumento da “segurança nacional” (de facto, nem sequer reconhece oficialmente a existência da Área 51), o que para uns confirma a existência de algo de muito importante.

Tendo em conta testemunhos de diversos especialistas e ex-funcionários, na Área 51 trabalha-se em naves extraterrestres que se acidentaram no nosso planeta e que foram resgatadas quase intactas. Porquê tanta segurança, violência contra aqueles que se aproximam, o controlo de tráfego aéreo? Dos poucos testemunhos que existem, eles afirmam ter observado estranhas aeronaves fazendo coisas impossíveis a uma velocidade inimaginável para uma aeronave convencional.

Em 1989, Robert Lazar, militar, físico e engenheiro que trabalhava no Laboratório Nacional de Los Alamos, foi chamado para trabalhar num projecto: “Engenharia Reversa“, usada como propulsão de naves alienígenas! Lazar afirma ter trabalhado com nove naves na Área S-4 (dentro da Área 51, ao sul) onde ficou a conhecer a capacidade destas naves em atravessar fácil e rapidamente enormes distâncias no espaço. Assim, decidiu comunicar ao público em geral a sua história, confirmada depois por outros militares e cientistas que haviam trabalhado no projecto ou que integraram o corpo militar da Área 51. William Cooper, da Inteligência Naval Americana, denunciou ainda a existência de um governo secreto, iniciado com o Caso Roswell, em 1947. Neste governo, membros seleccionados estariam trocando tecnologia com extraterrestres de modo a que, num futuro próximo, fosse criada a Nova Ordem Mundial.

Estruturas suspeitas:

O Hangar 18: ninguém sabe ao certo qual a sua função, mas existem vários rumores: – É um elevador enorme que transporta os aviões secretos, que estão sendo testados, para um lugar subterrâneo; – Guarda esses aviões mas não os transporta…

A longa pista: algumas pessoas dizem que tem 12 milhas de comprimento, outros dizem que tem 10 anos, outros afirmam que é para aterrarem as naves espaciais que partem para o espaço… Novamente, os rumores regressam: – Os aviões em estudo têm uma velocidade de aterragem muito grande e por isso necessitam de uma longa pista; – É uma pista de aterragem para OVNI’s, porque eles também precisam de uma pista; – É apenas uma estrada grande; – Construíram uma pista grande para o caso de desenvolverem tecnologias avançadas que necessitassem dela…

Os Radares: Todas as bases militares têm que ter antenas de radar, porém, a Área 51 tem 2 antenas grandes, algumas antenas pequenas e outros sensores (todos os sensores estão do lado norte da base). Rumores afirmam que a grande antena é a antena móvel maior do mundo, operando a uma frequência muito alta e quase sempre apontada para o céu, movendo-se de vez em quando.