Projecto 2012

Antes de falar sobre o Projeto 2012 vamos expor, de uma forma resumida, o que acreditamos como verdades, pois assim fica mais fácil entender o motivo deste site…

Nós acreditamos que…

– não estamos sozinhos no universo. Existem dimensões paralelas em nosso planeta, além de vidas em outros planetas/galáxias/universos. Estes habitantes de outras dimensões/orbes nos visitam há milênios. Isso é um segredo que é escondido dos humanos pelos governos/militares/religiões. O objetivo deste acobertamento é unicamente manter o poder que eles exercem em cima da população de nosso planeta. A partir do momento que os humanos souberem disto, os governos/religiões perdem todo o poder de manipulação e controle em cima da população.

– existe um mundo espiritual paralelo ao nosso. A vida não é apenas isto aqui. O espírito é eterno e evolui ao encarnar em várias dimensões. Em cada encarnação ele é um personagem diferente.

– existem extraterrestres positivos e negativos no Universo, ou seja, aqueles mais ou menos evoluídos espiritualmente. Enquanto os negativos querem apenas escravizar/usar os humanos, os positivos querem a nossa evolução.

– estamos vivendo um momento único no planeta Terra. Estamos a ponto de evoluir para uma nova forma de viver, de pensar, de se relacionar um com os outros. É o que chamamos de sairmos de um “mundo de provas e expiações” onde o caos e a dor prevalece para entrarmos num “mundo de regeneração” onde o amor incondicional fará parte de nossas vidas. Também estamos perto de adquirir a consciência de que somos espiritos eternos e que possuímos um numero infinito de irmãos cósmicos. E esta transformação, mesmo que traga dor a curto prazo, será um importante passo na evolução espiritual de todos que estiverem encarnados neste momento.

Agora vamos ao nosso objetivo…

NÃO queremos convencer ninguém
NÃO queremos ganhar dinheiro nem vender nada
NÃO queremos formar uma seita/ religião

Nossa missão é:

– informar a verdade dos fatos, ou seja, o que está realmente se passando no planeta Terra nesta atual fase.

– despertar a consciência espiritual e cósmica nos seres humanos.

– despertar o ser humano das ilusões materialistas, afetivas e animalizadas criadas pelo ego.

======================================================

Mais informações sobre o Projeto 2012.

O Projeto 2012 visa informar, não colocar medo nos humanos.

Nosso objetivo não é criar pânico. Nosso objetivo é informar, fazer com que o ser humano entenda o processo de transição planetária e assim consiga transformar o medo em fé, coragem e amor, pois só assim será possível atravessar esta fase que iremos passar. O entendimento destrói todo o medo.

Em nosso ponto de vista o “mundo” não vai acabar em 2012 como o maioria das pessoas prega.

Mas sim se transformar, evoluir.

É até um paradoxo. Ele vai “acabar” e recomeçar.

E esta transformação é um processo natural em nossa galáxia, nas demais e em todo o Universo.

A evolução dos mundos ocorre em ciclos. Em nossa galáxia este tempo é em torno de 26.000 anos.

Estamos chegando no fim de um ciclo de 26.000 e iremos iniciar um novo ciclo a partir de 2013.

Mas haverá uma série de dificuldades que surgirão em nossas vidas até 2013.

Mas o que está causando tudo isso?

Precisamos saber que nosso sistema solar também se movimenta ao redor da galáxia. Como já disse antes, este processo dura em torno de 26.000 anos. A civilização Maia já sabia disto e nos deixou grandes explicações sobre o movimento de nosso sistema solar.

Os Maias nos explicaram que no fim de um ciclo de 26.000 anos o planeta Terra se aproxima do centro da galáxia. E este processo cria uma transformação na Terra. Nosso planeta é bombardeado por raios cósmicos. Não só nosso planeta, mas também nosso sol. E quanto mais radiação o sol capta do centro da galáxia, mais ele transfere para nosso planeta. E isto está acontecendo agora, nosso sol está nos bombardeado com incríveis níveis de irradiação. Os próprios cientistas estão alarmados com isto, mas preferem disfarçar o problema dizendo que todos os efeitos das grandes irradiações solares são causados pelo aquecimento global, ou seja, pelo aumento na emissão de CO2 na atmosfera.

Não, o aquecimento global não é causado apenas pela emissão de CO2 na atmosfera. O ser humano pode ter agravado a situação, mas não a criou.

A razão principal do clima do planeta estar instável é a transição planetária, ou seja, a finalização de um ciclo de 26.000 e o início de uma nova era para o planeta Terra.

Mas onde quero chegar?

Bem, aqui começa a ficar sério. Porque a longo prazo, quando estivermos perto de 2012, mais e mais irradiação receberemos do sol e também do centro da galáxia. Isso vai fazer com que o campo eletromagnético da Terra se degrade, aumentando terrivelmente a freqüência vibracional do planeta. Quando chegarmos em 21/12/2012 o sol no solstício de dezembro se encontrará na borda da Via Láctea. Nós podemos chamar isto de um alinhamento a nível galáctico com o meridiano do solstício. Como já disse, este é um evento que ocorre apenas de milhares em milhares de anos, e é causado pela precessão dos equinócios. Neste momento podemos ter grandes catástrofes, principalmente quando tivermos uma inversão dos polos magnéticos da Terra. A inversão dos polos é necessária, visto que a rotação da Terra precisa “parar” e passar a girar no sentido contrário ao de hoje. Isso fará com que a matéria na Terra seja menos densa, mais sutil, abrigando apenas corpos compatíveis com estas altas vibrações (seres mais evoluídos).

A curto e médio prazo teremos problemas também. Podemos ter distúrbios psicológicos com os seres humanos, pois já é provado cientificamente que a diminuição do campo eletromagnético da Terra afeta a consciência humana (por isso o ser humano está tão violento hoje em dia). Muitos podem simplesmente surtar, entrar em depressão, suicidar-se ou tornarem-se violentos de uma hora para outra. Teremos problemas com a nossa agricultura, já que o clima ficará ainda mais instável. Terremotos, furacões, vulcões, tornados, tsunamis serão fatos diários em nossos tele-jornais. Teremos uma crise de alimentos a nível global (já está se formando), sem contar na quebra da economia mundial e total falência dos sistema de comunicação, satélites, telefonia, internet, energia elétrica, etc. Guerras civis serão inevitáveis (já estão ocorrendo), pois os humanos mais pobres não terão o que comer.

E isto não pode ser ignorado. Você não vai ler isto num jornal ou assistir isto no tele-jornal de hoje à noite. Nenhum cientista vai falar isto para você. Nenhum político vai falar isto para você. Nenhum professor vai falar isto para você.

Mas a boa notícia é que não estamos sozinhos neste processo de transição planetária.

Nossos irmãos mais velhos, aqueles que você chama de extraterrestres, estão aqui para nos auxiliar.

(nota: esta é nossa crença. Você tem total direito de discordar disto e achar que está sozinho neste processo de transição planetária)

Os extraterrestres estão trabalhando a nível físico e astral neste processo que podemos chamar de tempos de “juízo final”. São eles que estão fazendo a seleção do “joio e do trigo” com quem desencarna neste período.

Os extraterrestres também estão encarregados da operação resgate. Esta operação já ocorreu em tempos atrás, como no caso do dilúvio.

Nosso planeta está a ponto de sair da terceira dimensão e entrar na quinta. E isto fará com que realmente tudo o que você vê ao seu redor deixe de existir. A Terra será destruída para depois ser reconstruída. É como um prédio abandonado, feio, sujo, e condenado que precisa ser implodido para que um novo, um mais moderno seja construído.

Nossos irmãos extraterrestres já estão ao redor de nosso planeta, com toda a tecnologia necessária para o resgate e posterior reconstrução do planeta.

Mas quem será resgatado e por que?

Todos que vibrarem de uma forma compatível com a nova dimensão, ou seja, que possuírem o padrão vibracional alto, caso necessite, serão resgatados ou simplesmente sobreviverão em algum lugar seguro.

Vibrar de forma compatível com a nova dimensão que a Terra fará parte é ter o que chamamos de consciência crística.

Um ser crístico é quem alcançou o sentimento de amor incondicional. É aquele que está acima das “trevas” e “luz”. É aquele que sente compaixão (aceitação) aos comportamentos que o ser humano comum vê como “errado” ou “mau”. É aquele que destruiu todas as dualidades do “certo” e “errado”, “verdade” e “mentira”, “bom” e “mau”, “bem” e “mal”, “feio” e “bonito”, “vida” e “morte”, etc. É aquele que sabe que é a encarnação de um espírito, não um mero ser humano. É aquele que está livre da escravidão do ego. É aquele que não liga para coisas materialistas. É aquele que sabe que a vida humana é apenas um sonho, onde ele é um personagem sonhado no sonho dos outros.

Isto é a consciência crística. Não tem nada a ver com religião, seitas, fanatismo, etc.

Todos estes não precisam ter medo diante da transição planetária. Estes estarão a salvos e no momento certo, caso seja necessário, serão resgatados pelos nossos irmãos mais velhos.

Já aqueles que não atingirem este alto padrão vibracional da consciência crística vão desencarnar e então serão exilados num planeta que está se aproximando da Terra. É o planeta que muitos chamam de Nibiru, Planet X, Hercólubus, Planeta Chupão, Astro Intruso, Absinto e tantos outros nomes.

Lá eles reencarnarão num mundo de 3D, mas muito mais primitivo que a Terra. Será como ser reprovado numa escola. Quando alguém é reprovado ele não pode ir para uma nova série, ele precisa repetir o ano, começando novamente de onde foi reprovado. É isso o que acontecerá com a maior parte da população da Terra nesta separação do “joio e trigo”.

Veja bem, isto não é uma punição. É apenas uma separação de espíritos com níveis evolutivos diferentes. Afinal, espíritos ignorantes e imaturos que vibram em baixa vibração e possuem corpos densos não poderão habitar a nova Terra de 5D (até mesmo o corpo astral deles seria desintegrado com a alta vibração da quinta dimensão). A nova Terra de 5D terá apenas espíritos com um certo grau de evolução que são compatíveis com as novas vibrações. Isto se chama justiça Divina, pois faz com que os dois lados tenham melhores oportunidades de evoluírem.

Abaixo segue um pequeno resumo feito pelos amigos espirituais…

======================================================

O QUE É A TRANSIÇÃO?
Transição Planetária, Juízo Final, Final de Tempos, é um balanço de fim de era ou a mudança de ciclo evolutivo. Tudo na natureza obedece a ciclos da vida: nasce, cresce, alcança a plenitude, envelhece e morre. Morrer não é bem o termo, pois como dizia Lavoisier “na Natureza nada se cria, nada se destrói, tudo se transforma”. Assim, a Terra no momento está vivendo um período de mudanças, isto é, passando de um ou ciclo para outro, o que resultará em grandes transformações, tanto na parte física como na moral de seus habitantes.

O QUE OCORRE COM O CORPO FÍSICO?
Nós vivemos na 3ª dimensão, uma dimensão que constitui uma densidade corporal mental e emocional que impõe uma série de restrições físicas, e fazem com que os nossos corpos sintam determinadas emoções e distúrbios, pela lentidão da circulação da energia psico-elétrica nos canais de força. Quando as vibrações dos corpos vão se acelerando em saltos quânticos, a pessoa começa a vibrar numa freqüência mais sutil do que a 3ª dimensão. É um processo individual em que cada pessoa se aprimora, se educa, controla os pensamentos, as emoções e começa a vibrar numa freqüência mais sutil.

COMO SERÁ ESSA PASSAGEM?
Essa passagem vai ser iniciada quando o setor do nosso sistema solar, junto à nossa galáxia, passar por um portal dimensional. A Terra se prepara para ascender à 4.ª dimensão. Quando o nosso planeta passar por esse portal dimensional, tudo que existe na superfície da 3ª dimensão irá para a superfície da 4ª dimensão, e da 4ª dimensão irá para a 5ª, e assim sucessivamente, inclusive os seres humanos.

QUEM SERÁ RETIRADO?
Quando houver a passagem dimensional, a maioria dos habitantes da Terra não suportará a vibração. Os espíritos sombrios, trevosos, que têm prazer no mal, no egoísmo, no destrutivismo, não suportarão as energias da 4ª dimensão, porque é uma energia tão alta que produziria como que choques eletromagnéticos no corpo físico das pessoas, que provocariam a morte instantânea por desintegração. Para que isso não aconteça, aqueles que não estiverem sujeitos a passar pelas severas provas, serão retirados e colocados em local seguro pelos seres vindos de outros planetas, constelações, galáxias e até mesmo universos, que por amor estão aqui para ajudar os irmãos mais atrasados, que somos nós aqui do planeta Terra; para nos ensinar o respeito às leis superiores, procurando não interferir diretamente nas nossas ações, porque sabem que temos o livre-arbítrio, nosso carma e as nossas escolhas.

COMO DEVEM SE COMPORTAR AS PESSOAS?
Muitas pessoas ao tomarem conhecimento da transição deixam de viver as realizações assumidas antes da encarnação, esperando a transição planetária aconteça. É um aspecto negativo, porque a intenção não é impedir que as pessoas vivam ao saber que grandes transformações irão marcar as suas vidas. A intenção é aliviar a dor, dando-lhes a consciência de que um mundo muito melhor do que esse, que estamos vivenciando, irá surgir no futuro muito próximo, que a nova geração irá viver, e para que as pessoas possam também ter a oportunidade de não desperdiçar o tempo em coisas puramente materiais, como aqueles que encarnaram no passado tiveram.

COMO COMPREENDER A TRANSIÇÃO?
Compreender a transição é algo que a pessoa precisa já ter dentro de si, antes de encarnar; de acreditar na transição planetária, acreditar de forma lógica, coerente, não fanática, onde, embora não perceba – mas como a vida dela está muito difícil – ela decide acreditar em algo que não sente, mas acredita sem sentir porque a vida não está fácil. A pessoa precisa buscar, sentir a mudança que está ocorrendo, sentir a mudança que está no mundo, para compreender a transição; senão só vai entendê-la, e entender só não basta porque pode levar a diversos erros: fugir à responsabilidade, alienar-se do mundo e da realidade em que vive; negligenciar a sonhos que teriam o poder de mudar muito a vida em volta da pessoa; não esperar acontecer algo externo para mudar o interno.

COMO FICA O LADO INTERIOR?
O mais importante na transição é o lado interior, e o mundo espiritual há muito tempo vem advertindo que a humanidade teve 2.000 anos para se preparar para a transição planetária. Não há esse negócio do arrependido de última hora, porque é a vibração que determina o nível evolutivo de cada Ser. O Ser não dá salto quântico por causa de medo, o medo não transforma ninguém; é a consciência, o amor que transformam as pessoas; é a compreensão da necessidade de se auto-aprimorar, não o receio de ser transferido para um mundo involuído, porque muitos seres serão transferidos para mundos primitivos, para dar curso a sua evolução; outros irão para planetas cujo nível evolutivo é semelhante à Terra de agora; enquanto uma minoria que, ao longo de séculos e milênios, se aprimorou, poderá ter a oportunidade de regressar ao planeta Terra, em corpo físico ou permanecendo espiritualmente no astral, para futura reencarnação em mundo mais aprimorado.

DEVEMOS REALMENTE ACREDITAR NA TRANSIÇÃO?
Muitos seres, através dos tempos, já se ocuparam da transição planetária. Existe uma vasta literatura sobre o assunto, que foi trazida através de médiuns, videntes, profetas, e até mesmo de religiosos. A partir do final da década de 40, tivemos Ramatís que, através de seus livros, principalmente de Mensagens do Astral tratou sobre a transição planetária, falando do planeta intruso ou higienizador, que já entrou no nosso sistema solar e está se aproximando cada vez mais da Terra. Agora, a questão de acreditar se vai acontecer ou não é muito relativa. Para alguém que não sinta, não adianta falar milhões de palavras, porque não vai aceitar, não vai acreditar; para quem sente, assim como para o bom entendedor, meia palavra basta. A transição é um acontecimento cósmico e envolverá todo o nosso sistema solar, galáxia, enfim, todo o universo, e de todos os organismos cósmicos que estão envolvidos certamente a Terra é a que está menos preparada para enfrentar essa transição. Portanto, independe de a pessoa acreditar ou não, é um evento que já está previsto e programado há milênios e nada impedirá ou mudará o curso dos acontecimentos.

QUAL A INFLUÊNCIA DO ASTRO INTRUSO NA TRANSIÇÃO?
Além dos relatos dos profetas e videntes, diversos cientistas já sabem da presença desse planeta nas proximidades do nosso sistema. Muitas pessoas nos EUA, influentes no governo, já têm até abrigos anti-atômicos, onde pensam poderem se resguardar da influência do planeta intruso, o que chega a ser engraçado, isso porque se trata de acontecimento envolvendo não apenas um planeta, mas, como já foi dito, envolve também o nosso sistema solar, a nossa galáxia e todo o nosso universo, além de um portal dimensional, e não existe nada embaixo ou acima da superfície da Terra que possa impedir uma mudança vibratória. Além disso, a aproximação desse planeta irá provocar a verticalização do eixo da Terra, ocasionando uma série de cataclismos que irão transformar totalmente a face do planeta.

QUANDO SERÁ O CLÍMAX DA TRANSIÇÃO?
Verificar-se-á com a verticalização do eixo da Terra. O momentum é algo que só o Criador sabe. Repetimos mais uma vez aquelas conhecidas afirmações feitas por Jesus a João no Apocalipse: “Desse dia e dessa hora nem eu nem os anjos (leia-se extraterrestres) sabem, mas só o Pai.” ou “Ela virá como o ladrão no meio da noite.”. Sabe-se, contudo, como já nos têm afirmado os Irmãos Extras, que está muito próximo. Não devemos nos preocupar, porém, com datas, para que não venhamos nos envolver por nenhum clima de pânico, porque senão perderemos uma oportunidade de crescimento interior, dando extrema importância ao ato externo da transição planetária. Devemos, sim, nos preocupar com a nossa reforma interior, porque se estivermos vibrando na Luz nada nos acontecerá.

DEVEM-SE ESTOCAR ALIMENTOS?
Muitas pessoas estão recebendo orientação para estocar alimentos para um período de três meses, para suprir as necessidades durante os três dias de escuridão e num período posterior. Isso vai ficar a critério de cada pessoa, se estoca alimento ou não. Deve-se ressaltar que de nada adiantará uma preparação material se a preparação espiritual não for colocada como prioridade. O mundo material está chegando ao seu fim, e dele nada restará no futuro. Então, tudo que devemos fazer é ter a consciência de que aquilo que verdadeiramente nos salvará não é a preparação material, e sim a preparação espiritual.

AS MUDANÇAS SERÃO SÓ FÍSICAS?
A transição não é apenas a mudança do planeta fisicamente, o espírito que habita este astro está evoluindo, dizem que até outro espírito irá ocupar o espírito da Terra, mais evoluído até. Porém, acima disso tudo, estamos em via de entrar em contato com o despertar da Consciência Cósmica, saindo de uma situação de exilados do mundo de Deus, para nos ligarmos a Grande Ordem Suprema que coordena os universos. Esta civilização nasce, vive e morre pensando que a vida é só comer, estudar, trabalhar, procriar, comprar coisas, usufruir coisas, morrer e tudo acabar, ou, no máximo, reencarnar. Agora com a mudança planetária teremos a oportunidade de ver que vida é mais do que isso. Portanto, a preparação para tal evento deve ser global, integral – física e moralmente. O homem deve entender que é um ser divino e que está aqui trabalhando para a sua evolução. No momento deverá tomar conhecimento das novas orientações e esclarecimentos que estão chegando através de grupos como o nosso, através de livros diversos, e de muitos que estão trabalhando nesta Cruzada de Esclarecimento, para que o homem possa participar disso tudo de maneira ativa; alevantar as pessoas para as suas missões, para a finalidade de justificar a sua existência aqui na Terra. As pessoas, por si sós, são suficientemente potenciais para fazer uma grande transformação, mas ficará mais bonito, mais venturoso se estivermos fazendo aqui agora juntos, e que nunca percamos a esperança em Deus ou na Luz que nos carrega nessas situações.

OS MOTIVOS PARA DIVULGAR A TRANSIÇÃO
Assunto extremamente delicado, que gera muita polêmica e controvérsia. É necessária uma preparação muito elaborada no Astral e uma persistência hercúlea aqui no físico para que se possa ter forças para continuar divulgando. É que as pessoas precisam continuar vivendo, realizando suas obrigações, antes que o apogeu aconteça, e quando acontecer saber que continuarão trabalhando, existindo, vivendo – alguns neste plano, outros em outro plano. Para os que trabalham pelo crescimento interno, a idéia de gerar sofrimento prematuro em qualquer pessoa é desagradável, é uma idéia perturbadora, daí todo o
cuidado que se deve ter ao passar a tranqüilidade, a harmonização. Felizmente, temos observado que no meio em que trabalhamos essa informação não gera clima de medo, de pânico, e sim de conscientização, de modo que se falássemos que a transição seria daqui a uma semana, a pessoa estaria consciente de que não iria cometer desatinos nem negligenciar responsabilidades.

O QUE OCORRERÁ COM A VERTICALIZAÇÃO DO EIXO?
O magnetismo do planeta há muito está alterando a situação original do eixo terrestre. Equipes especializadas, preparadas com esta finalidade, vêm procurando manter estável a situação do eixo terrestre neste momento planetário, para que irmãos espaciais possam atuar, possam agir, auxiliando ao maior número possível de seres encarnados e desencarnados ligados à Terra. Mas tem um prazo para a ação, não se pode manter indefinidamente esta situação. Quando ordens superiores chegarem, as equipes não mais poderão manter este estado de coisas e o eixo finalmente será liberado, entregue às próprias forças do magnetismo astralino terrestre. Aí, então, a verticalização acontecerá e a Terra reagirá às injúrias que lhe foram e que lhe são impingidas pela mente e pelo espírito infantil da humanidade terrena, que descrente desconhece a grandiosidade do presente recebido de Deus.
Que fique bem claro: não haverá “O Fim do Mundo”, mas o início de um novo mundo, de uma nova civilização, de uma nova humanidade.

Após o resgate a Terra será limpa pelos processos de ordem natural, desempenhados pelas forças da natureza deste organismo vivo que ora habitamos. Varrerão a superfície terrestre a água, o vento, o fogo. Tudo se modificará e tudo se prepara para receber os novos seres numa nova Terra que deverá ser reconstruída com bases na união fraterna, no amor entre os homens. Não haverá mais espaço para cobiças desmesuradas, para ambições, para a luta pelo poder. Uma só Terra para homens de bem que possam interagir desfrutando os benefícios que lhes oferecerá a nova Terra, oferecendo a ela o nosso
respeito, o nosso amor e nossa gratidão.

OUTROS PONTOS A CONSIDERAR
– As pessoas serão transferidas para outros mundos. Muitos chamados, poucos escolhidos… ·
– A Terra ao longo de sua história já passou por várias transformações, mas o que distingue essa mudança das anteriores é que é o ponto final de vários ciclos.
– A Criação encontra-se às vésperas de um grande salto quântico consciencial.
– Dentro do concerto cósmico a Terra estará atravessando um portal dimensional. ·
– A Separação do joio do trigo: aqueles que não atingiram um referencial mínimo. A maioria não está preparada porque não trabalhou o seu lado espiritual. ·
– O medo da morte, o apego – tanto afetivo como material – é o principal trauma na transição. ·
– As pessoas de repente não vão mais ter dinheiro no banco, emprego, carro, acaba
tudo.
– Lugar seguro? Não existe, não adianta comprar fazenda no alto ou fazer abrigo. ·
– As pessoas precisam imediatamente cultivar o desapego material. Ter para viver e não viver para ter.
– Não encarar tudo como meu, minha, mas como empréstimo.
– Iniciar já o processo de preparo interno, não há como fugir eternamente. Não se pode continuar tirando o corpo fora, empurrando com a barriga ou ficar em cima do muro. Simplesmente porque não haverá mais muro.
– Desta vez é para valer: ou se estará do lado da Luz ou estará do lado das trevas.
– Aqueles que já tiverem contatado com o seu Eu Interno e com a Hierarquia Espiritual, e, também, praticado o desapego material efetivo terá muito menos problemas.

A HIGIENIZAÇÃO DO PLANETA
Após o resgate a Terra será limpa pelos processos de ordem natural, desempenhados pelas forças da natureza deste organismo vivo que ora habitamos. Varrerão a superfície terrestre a água, o vento, o fogo. Tudo se modificará e tudo se prepara para receber os novos seres numa nova Terra que deverá ser reconstruída com bases na união fraterna, no amor entre os homens. Não haverá mais espaço para cobiças desmesuradas, para ambições, para a luta pelo poder. Uma só Terra para homens de bem que possam interagir desfrutando os benefícios que lhes oferecerá a nova Terra, oferecendo a ela o seu respeito, o seu amor e sua gratidão.

A MUDANÇA INTERIOR
Portanto, agora é o momento de tomarmos a consciência da mudança interior, da mudança de valores, buscando compreender as leis divinas e os seus princípios. Agora é o momento de resgatarmos as nossas dívidas, sejam elas quais forem. Pois breve está o dia em que o prazo será irremediavelmente encerrado. A preparação para tal evento deve ser global, integral, física e moralmente. O homem deve entender que é um ser divino e que está aqui trabalhando para a sua evolução. No momento deverá tomar conhecimento das novas orientações e esclarecimentos que estão chegando através de grupos como o nosso, através de livros diversos, e de muitos que estão trabalhando nesta Cruzada de Esclarecimento, para que o homem possa participar disso tudo de maneira ativa, levantar as pessoas para as suas missões, para a finalidade de justificar a sua existência aqui na Terra. As pessoas, por si sós, são suficientemente potenciais para fazer uma grande transformação, mas ficará mais bonito, mais venturoso se estivermos fazendo agora aqui juntos, e que nunca percamos a esperança em Deus ou na Luz que nos carrega nessas situações.

AS FASES DA TRANSIÇÃO
1. ANTES DA TRANSIÇÃO
1.1. Os sinais (a fase que antecede as transformações):
– A mudança de clima: mutações climáticas; temperaturas elevadas, muito baixas, etc.
– As ressacas das águas do mar; a elevação do nível do mar.
– Surgimento de doenças não existentes e de fenômenos que farão as pessoas se sentirem doentes sem estarem;
– Os furacões, tufões, tornados, principalmente nos EUA – nunca em tempo nenhum se verificou tantos acontecimentos no gênero em toda a história americana;
– Abalos sísmicos, terremotos, maremotos (Irã, ano passado).
– Comportamento humano: a degradação dos costumes, sensualidade, práticas sexuais exacerbadas, onde são admitidas como autenticidade e estesia as práticas sexuais livres, enfraquecendo costumes e inferiorizando níveis sociais, o que é pura libidinosidade;
– Preferências sexuais pervertidas e condenáveis, que terminam consagradas pela imprensa e pelo povo, tal a maneira como são expostas nos meios de comunicação (TV, rádio, etc.) ·.
– Maldade, violência, corrupção de valores e moral.

2. DURANTE A TRANSIÇÃO
2.1. Os acontecimentos (a fase das transformações)
– Os três dias de escuridão: os cuidados que deverão adotar antes e durante o período;
– Aumento dos fenômenos climáticos: tufões, erupções vulcânicas; terremoto, maremoto, vendavais, desabamento, guerras;
– O período que virá após os três dias de escuridão: as transformações sócioculturais; mudanças no comportamento humano: capacidade de comunicação, telepatia, autocura – estaremos libertos de coisas antigas;
– Quebra dos valores – as pessoas que se julgam poderosas, ricas, sábias, de um dia para o outro se encontrarão ao desabrigo sem ter sequer um prato de comida;
– Aparecimento de doenças que não existiam e sintomas nas pessoas que os médicos não detectam o tipo da doença;
– O reencontro de seres afins; descobrir que entre os seus não estão as pessoas que constituem os grandes afetos de sua existência, de sua vida, e por causa de seus erros estão longe de sua família, estão vivendo noutras épocas, noutros lugares;
– O desmantelamento dos sistemas: transporte, alimentação, produção e distribuição de energia; abastecimento dos meios de transporte, etc.
– O desmoronamento do sistema financeiro, econômico e bancário, etc.
– Inundações, inicialmente pela elevação do nível das águas pelo degelo dos pólos, posteriormente pela verticalização do eixo da Terra.
– O Resgate, arrebatamento, Evacuação, etc.
– A partida de alguns para seus mundos de origem.

3. APÓS A TRANSIÇÃO·
– A acomodação do solo terreno, a transformação das terras cultiváveis;
– O surgimento de novo(s) continente(s) e o desaparecimento de outro(s);
– A descida das naves-cidades para dar o primeiro impulso à nova civilização.

Fonte:

http://www.projeto2012.com/about/