“É como andar de bicicleta, a gente nunca esquece!”

É como andar de bicicleta, a gente nunca esquece! Já ouviu esta expressão? E aí, será que esta afirmação tem alguma base científica ou é apenas mais um ditado popular?

O que já podemos adiantar é que, realmente andar de bicicleta não é uma daquelas tarefas que exigem um raciocínio extra para se executar. Se a última vez que pilotou uma bike foi quando era criança, não terá muitos problemas em andar sobre duas rodas na fase adulta. Agora você vai conhecer um pouco mais sobre a “memória motora”, a grande responsável por esta façanha.
A memória motora não é a mesma que utilizamos para guardar números, lembrar de acontecimentos passados e memorizar informações. Ela fica em uma região no cérebro, o cerebelo, que possui uma estrutura encefálica responsável pelo armazenamento de atividades as quais treinamos repetitivamente. A atividade “andar de bicicleta” trata-se de uma ação mecânica, ou seja, aquela que executamos quase sem pensar.

Anúncios