Faz mal dormir de barriga cheia?

Você já ouviu muitas vezes sua mãe e/ou sua avó dizerem que dormir de barriga cheia faz mal, mas como a maioria das pessoas não deu moral jantou e dormiu logo em seguida e passou mal.

Pois é, para essa crendice popular há duas vertentes. A primeira é de que isso não tem fundamento, segundo a nutricionista Carolina Bergerot, é que ao dormir logo após o jantar pode haver certo desconforto como, queimação ou azia. Esclarece que a maior causa de mal-estar é o tipo de alimentação que é feita no período noturno, pois à noite nosso organismo se encontra mais lento em suas atividades habituais, em especial a digestão.

Quando se ingere alimentos mais calóricos, a tendência é sofrer desconforto, ao contrário do que acontece quando se ingere alimentos mais leves como saladas. Já para a segunda vertente, essa crendice é totalmente verdadeira, a nutricionista Fabiana Schmidt afirma que o único mito é de que se devem ingerir carboidratos somente até as 18h. Ela esclarece que o problema está é no horário em que a pessoa vai se deitar, pois o recomendável é aguardar duas horas após a refeição para repousar, e atenta para o detalhe de que é importante fazer alguma atividade nesse período, mas nada de exercícios físicos. Também atenta para o fato de que alguns incômodos podem ser ocasionados pela digestão mais lenta no período noturno.

O gastroenterologista Thomas Szegö ratifica ser benéfico descansar após qualquer refeição, lembrando que descansar é, ao contrário de dormir, repousar. Essa prática é muito importante porque é necessário que o sangue se concentre no aparelho digestório para realizar a digestão. Aproveita ainda para desmistificar a questão de que entrar debaixo do chuveiro ou algo do gênero, gere algum problema à saúde, só não pode é nadar, pois isso gera uma competição entre os músculos e o sistema digestório pela irrigação sangüínea.

Anúncios