Por que dormimos?

Normalmente, todos os seres vivos sentem necessidade de dormir. Seja qual for a espécie, em algum momento do dia se reservam ao sono, sendo ele longo ou curto.

Os ursos são conhecidos como dorminhocos, no inverno eles dormem praticamente o tempo todo. Por outro lado, os peixes não dormem, eles apenas alternam períodos de vigília e repouso. A título de comprovação, é só observar que suas pálpebras não se fecham.

O período de sono indicado para os humanos pode variar de acordo com a idade, sendo que jovens precisam dormir de 8 a 10 horas, diariamente. É óbvio que só conseguimos dormir quando chega o sono. Mas afinal, ele é produzido exatamente pelo quê?

Uma substância química desenvolvida pela glândula pineal (localizada na base do cérebro) é importante para o sono, ela é denominada de melatonina. Trata-se de uma secreção glandular que entra na circulação sanguínea para regular o ciclo referente ao ato de dormir e acordar. Como vemos, a glândula só regula o período de sono, mas não necessariamente o produz.

A substância misteriosa capaz de nos deixar com vontade de ir para a cama ainda não foi descoberta. Pesquisas relacionadas a esse fato apontam para a possibilidade de ser um ácido graxo, similar a um dos componentes das membranas celulares, mas por enquanto é só uma possibilidade que precisa ser constatada.

Anúncios